Desconsiderando o sofrimento dos animais, Prefeito Haddad veta projeto de Roberto Tripoli que proíbe aluguel de cães PDF Imprimir E-mail
Animais
Qui, 18 de Junho de 2015 15:57

O Prefeito Haddad vetou o PL nº 55/2015, de autoria do então Vereador e atual Deputado Estadual Roberto Tripoli, PV-SP, que proíbe a utilização de cães por empresas de segurança patrimonial privada e de vigilância, para fins de guarda. A Câmara Municipal possui a prerrogativa de derrubar o veto, o que exige a mobilização do movimento de proteção animal.

As alegações jurídicas do veto não se sustentam porque se referem à  restrição de atividade profissional. Na realidade, o parlamentar propôs a proibição da utilização de cães na atividade de segurança, e não a  atividade em si.

Vale lembrar que, de regra, esses animais são usados como escudos vivos, tendo sua vida e integridade física expostas a risco, de forma permanente. Boa parte deles não dispõe de alojamento e alimentação adequados, e nem mesmo  assistência veterinária. As empresas de segurança nunca esclarecem qual o destino dado aos cães “aposentados”. Mesmo assim, usaram as mídias para anunciar que centenas de animais seriam mortos, caso a lei fosse aprovada, causando enorme comoção.

Conheça as razões de veto do prefeito

Veja artigo de autoria do Deputado Tripoli

(Assessoria de Comunicação do Gabinete do Deputado Roberto Tripoli)

 
Envie cartões virtuais e expresse seu amor pelos animais

...........................................

...........................................

Memórias na Proteção

...........................................

Nós temos 16 visitantes online