Ruas esburacadas e desapropriações motivam novos requerimentos de Tripoli PDF Imprimir E-mail
Conforme os meios de comunicação vem evidenciando, as ruas da cidade estão bastante esburacadas e os serviços de recapeamento de ruas foram paralisados. Por isso, o vereador Roberto Tripoli (PV) entrou com requerimento junto à Comissão de Finanças e Orçamento, na reunião desta quarta-feira, 02 de setembro, solicitando ao Executivo o programa de trabalho dos serviços de recapeamento até o final do ano, estimativa anual da porcentagem da malha viária que necessita de reparo asfáltico, bem como relatório explicitando os motivos da paralisação.  O vereador lembrou que, mesmo com parte do orçamento da despesa permanecendo contingenciado, devido à expectativa de arrecadação abaixo do esperado, a cidade ainda dispõe de recursos, e as ruas não podem permanecer nesse estado lastimável.
 
Tripoli também manifestou preocupação com vários decretos publicados no Diário Oficial da Cidade na semana passada, declarando de utilidade pública para desapropriação, imóveis particulares em regiões de alta densidade demográfica como Vila Carrão, Vila Matilde, M’Boi Mirim e Aricanduva, para construção de reservatórios de contenção de enchentes, conhecido como “piscinões” e terminais de transporte público. O vereador protocolou requerimento solicitando ao Executivo a previsão de início, tempo de duração e o custo total dessas obras, e indagou sobre o tratamento a ser dispensado aos comerciantes que ocupam imóveis alugados. Isto porque a Prefeitura privilegia o proprietário com a indenização e exclui o inquilino que é, de fato, o maior prejudicado, pois investe no negócio e não recebe nada do erário público, em caso de desapropriação.


Informações:
Mário Seabra
Assessor Técnico do
Gabinete do Vereador Roberto Tripoli (PV)
11-3396-4821
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Envie cartões virtuais e expresse seu amor pelos animais

...........................................

...........................................

Memórias na Proteção

...........................................

Nós temos 27 visitantes online