Reitoria da USP garante que canil do campus continua em funcionamento PDF Imprimir E-mail
Animais
Qui, 29 de Abril de 2010 21:11
Diante da comoção em torno da notícia da possível desativação do canil instalado no campus da USP e que abriga animais salvos do abandono e recuperados, o vereador Roberto Tripoli (PV-SP) contatou a Reitoria da Universidade, para intervir pelo bem-estar dos cães mantidos no local, e recebeu informações dando conta de que “o canil continua funcionando normalmente”.
 
Segundo a Assessoria de Imprensa do Reitor Prof. Dr. João Grandino Rodas, “os animais não foram despejados e o canil continua aberto. O que acontece – afirma a assessoria – é que o Conselho Gestor do campus está debatendo o assunto, estudando a viabilidade do projeto, conversando com o hospital veterinário e com outros interlocutores para estudar as possibilidades em torno do canil, inclusive do ponto de vista estrutural. Não é uma discussão sobre desativação e, sim, sobre os formatos para tal projeto e todas as implicações do mesmo”.

Além disso, a assessoria do Reitor informou na manhã desta quinta-feira, 29 de abril de 2010, que a Coordenadoria do Campus cedeu o espaço onde ficam os animais e continua fornecendo ração para os cães abrigados; e os voluntários são responsáveis pelos cuidados, passeios, campanhas de doação.

FACULDADE ESCLARECE

No final da tarde, o vereador Tripoli também recebeu nota de esclarecimento divulgada pela Faculdade de Medicina Veterinária da USP, sobre a questão do canil. A saber:

Esclarecimento sobre o canil da Cocesp e os animais abandonados na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira”

A Faculdade de Medicina Veterinária (FMVZ) esclarece que o Canil existente na Coordenadoria do Campus da Capital (Cocesp) não será desativado e que, juntamente com a Cocesp, foi iniciado estudo sobre o destino dos animais abandonados na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira”, em São Paulo.

Esse estudo envolve reuniões entre as equipes da Coordenadoria e a FMVZ para elaborar o projeto referente ao recebimento dos animais, avaliação médico-veterinária, castração e encaminhamento para o sistema de adoção.
 
(Texto: Regina Macedo / jornalista ambiental) 
 
Envie cartões virtuais e expresse seu amor pelos animais

...........................................

...........................................

Memórias na Proteção

...........................................

Nós temos 18 visitantes online